Feeds:
Posts
Comentários

Archive for fevereiro \26\-03:00 2010

Read Full Post »

Read Full Post »

          "Natureza, dona de minha vida, meu maior desejo era saber o porquê fizeste a minha vida, sendo tu, Natureza, a dona de minha vida.
           Natureza, que nos mantêm de tudo até hoje, dona de todas as vidas e que assim fizeste todo o alimento para  a manutenção de todas as vidas.
           Natureza, geradora de tudo, criadora de tudo, nos oriente em pensamento, porque és dona de todo o sentimento e és dona de todo o pensamento.
           Me oriente em pensamento, o nosso comportamento e o nosso procedimento, porque está tudo com você, Natureza.
           Foi você que me gerou.
           Foi você que me criou.
           É você que mantém.
           É você dona de minha vida.
           Se você fez tudo, me fez, mantém todos e tudo e é dona de tudo, tem que me orientar em pensamento, para eu saber como viver.
           Porque quem fez a vida foi você, a dona da vida é você e você que tem que orientar todos na vida, em pensamento, para que todos sejam

           gratos a você, sejam reconhecidos a você, porque tudo é de você.
           E temos que respeitar e obedecer você.
           E temos que seguir a sua orientação, por você ser a dona de tudo; e só você que poderá nos orientar como devemos viver.
           Nós não podemos fugir da sua linha, porque tudo é seu.
           Somos seus e aqui estamos, para lhe obedecer sobre todos os pontos de vista e lhe respeitar sobre todos os pontos de vista.
           Não podemos ser ingratos, não podemos humilhá-la, não podemos desprezá-la, não podemos desrespeitá-la.
           Porque és a dona de todas as vidas, és dona da minha vida, és dona de tudo.
           É quem mantém todos e tudo, merece todo respeito. 
           É o dever de todos, todo o carinho e toda atenção.
           Não podemos sair fora de sua linha, por ser a dona de tudo e a dona de minha vida e de todos.
           Então queremos orientação, para saber como proceder, para saber como temos que viver, porque se nós temos amor e sentimento,

           você também tem, Natureza; nos fez igual a você.
           Tudo que nós sentimos, você sente também, porque nos fez igual a você.
           Então queremos em pensamento, orientação justa e certa, para saber como proceder, dentro da linha da dona de meu ser,

           da dona de minha vida, da dona que me mantém.
           Temos que ser reconhecidos no seu grande valor sobre tudo e sobre nós.
           Se nós existimos é porque você nos fez.
           És dona de tudo, és dona do pensamento.
           Não podemos dar um passo na sua frente, porque será um mal passo e um fracasso, pela ingratidão e falta de respeito.
           És tudo do tudo, dona de tudo e nós nada somos."

UNIVERSO EM DESENCANTO – IMUNIZAÇÃO RACIONAL- RACIONAL SUPERIOR
21º FASCÍCULO DA TRÉPLICA
PÁGINAS 93 E 94

Read Full Post »

 

ATYAAABO0H4WjBryBJzwfvFtC4VQTA--st7_DNGmIoSD8haFyS52FMUQ7j5aaH0uH63vXCEZRiwS-cS6z6917icWl7jdAJtU9VC6BdyeKVNsVXaxAscOsRIFYFUX3A

 

Chegou na Natureza a Fase Racional do Terceiro Milênio, sendo esta a fase do desenvolvimento do Raciocínio.
   A primeira fase da Natureza, foi a energia magnética desenvolvendo a imaginação, para a formação do artifício, que são as letras e palavras e tudo enfim, da mecânica material.
   A segunda fase, foi a fase do desenvolvimento do pensamento pela energia elétrica, para o aperfeiçoamento da fala e de tudo; daí, surgindo as belezas artificiais e a mecânica do aperfeiçoamento, a mecânica celeste.
   Agora, a terceira fase, que é o Terceiro Milênio, o desenvolvimento do Raciocínio, por a fase natural da Natureza ser Racional – A Mecânica Racional.
   Assim é o Raciocínio (Chamado "epífise"ou célula pineal) que ninguém sabia a sua verdadeira função.
   Desde a fase de animal racional, como foi o caso da língua e seus movimentos, estava o raciocínio parado, esperando a chegada da sua fase, que já chegou desde 1935.
   Esses esclarecimentos com base e com lógica, sem mistérios, sem enigmas e sem fenômenos, todos eles definidos no conhecimento de Cultura Racional, nos Livros UNIVERSO EM DESENCANTO.

Read Full Post »

 

Aqui o Mundo Racional

Painel - Decida

   

 

A origem dessa deformação Racional, por não haver efeito sem causa é que, se existe esse mundo que nós habitamos é porque existe o outro que deu conseqüência a este. Sendo que, uns tantos entraram por uma parte que não estava pronta para entrar em progresso, fazendo uso da vontade, por a vontade ser livre. Esta parte começou a descer, começaram a perder as virtudes. Virtudes são vidas que se transformam em outro corpo de vida, que deu origem a um foco de luz. Conforme elas iam se reunindo, e esse foco de luz cada vez maior, começou a esquentar, esquentando a planície, começou a sair da planície uma resina. Conforme ia esquentando, essa resina origem da terra e a planície origem da água. Até que veio a extinção desses corpos, uns tantos em cima da resina que já tinha virado cinza e outros tantos em cima da planície, razão dos dois sexos. Os que se extinguiram em cima da resina, o sexo feminino e os que se extinguiram em cima da planície o sexo masculino. Isso na extinção do corpo deles, se transformaram em outro corpo de vida que é o de animal de origem Racional. Os primitivos corpos eram monstrinhos e depois monstrengos, depois monstros, depois monstrodontes, depois monstrões. Porque foram evoluindo e se aperfeiçoando como ia progredindo a deformação. Nessa altura, guinchavam, urravam e acenavam. Se entendiam por meio de acenos, urros e guinchos. Depois passaram para a fase dos primitivos selvagens e conforme a planície ia se deformando e a resina, foram perdendo as suas virtudes com o decorrer da deformação. Essas virtudes foram se reunindo, a causa de outros seres como a lua, as estrelas e os planetas. Das virtudes da resina e da planície, formou os outros seres celestiais conforme tudo ia se deformando, tomando forma da deformação com a profundidade, ia perdendo as virtudes e essas virtudes se reunindo e se transformando em outros corpos de vida, que começou primeiro a fazer um quarto só, e com o decorrer da deformação, o segundo quarto, o terceiro e o quarto quarto. E assim, foi a causa e a origem das estrelas e dos outros planetas existentes. Prosseguindo, a fase dos primitivos selvagens, que não falavam; a Segunda fase, a terceira fase, a Quarta fase, a Quinta fase até que começaram a gungunar e a soltar a voz. Aí começaram a perceber as coisas, a ter entendimento. Porque eram bichos, só entendiam. Até que findou essa fase e entraram na fase dos entendimentos, por evolução natural da natureza. Até que chegou o início da civilização. Do início muito longo, até chegar o princípio dos entendimentos e compreensão. Então na fase dos primitivos selvagens, usavam locas de pedras e malocas. Com o adiantamento veio as choças e as palhoças. O princípio da evolução do pensamento, que veio evoluindo cada vez mais até hoje, para daí, terminar a fase do pensamento e passarmos para outra fase, que é a fase do Raciocínio, a fase Racional, a fase da volta de todos para o Mundo Racional e a revelação minuciosa desse pequeno resumo, está em toda obra de Cultura Racional.

     A extinção do Racional causou a transformação do princípio e origem dessa deformação de animal Racional, a causa da origem nossa ser de Racional. Extinção de uma classe se transformando em outra classe. A classe de Racionais em extinção se transformando para a classe de animal dessa origem de Racional. E de formas que antes de ser animal Racional, era Racional em extinção. Antes de ser Racional em extinção, era Racional puro, limpo e perfeito, no seu verdadeiro mundo de origem, o Mundo Racional.

Read Full Post »

 

 

A falta de auto-conhecimento está levando a humanidade à auto-destruição.
E, por não se conhecer, vivem todos engambelados pelos seres materiais, artificiais e naturais, visíveis e invisíveis.
Quem não sabe de onde veio e para onde vai, quem não sabe o porque é assim como é, cheio de defeitos e contradições, não tem condições de perceber que a vida do chão, a vida da matéria só tem fel. O mel é todo aparente.
Tanto assim é, que não existe um vivente no mundo que possa dizer: “Eu sou feliz!” Sim, porque na mesma hora em que está contente, logo depois está triste. Ora animado, ora desanimado. Ora alegre, ora deprimido, numa inconstância, numa variância sem fim, que se inicia na infância e o persegue até nos últimos momentos da vida.
Tudo isso, por não se conhecer. E por não se conhecer, se mantém ridiculamente como robô de forças da Natureza inferior, que irradia toda essa destemperança sobre o vivente, para fazê-lo sofrer até o ponto de decidir procurar se conhecer e, aí então, se libertar dessa opressão, desse domínio destruidor, que é o pensamento e a imaginação.
O vivente que tem tido provas incontáveis e insofismáveis de tudo isso aqui dito e que, apesar de tudo isso, insiste em não procurar a se conhecer, é um vivente muito rude, bruto e atrasado.
Engambela-se, ilude-se com o mundo em que vive (que não lhe pertence) e esquece de si mesmo.
Para um vivente assim, todo sofrimento é pouco. E aí está o sofrimento horroroso e tenebroso no mundo, por a maioria insistir em viver neste mundo como se a ele pertencesse ou, ainda muito pior, como se deste mundo fosse o dono.
Quanta infantilidade, quanto atraso! Se ninguém é dono nem da própria vida, não sabendo nem o dia e como cada qual vai terminar!…
A vida está passando. Cada segundo passado não volta mais! Cada segundo passado, sem se conhecer, é um tempo perdido que não se recupera nunca mais!
E o povo está distraído na sua auto-destruição, destruindo aos demais e à Natureza.
Já está passando da hora de acordar! Será que estão achando pouco o tanto que todos nós já sofremos nesses milhões de milênios que temos vivido morrendo e nascendo, morrendo e nascendo, morrendo e nascendo?
A Natureza mudou de fase, está em sua derradeira fase. A Fase é Racional, para o desenvolvimento do nosso SER VERDADEIRO, o raciocínio (Glândula Pineal), que é o que restou do nosso corpo original.
E o restante do nosso corpo? Não nos pertence. Como! Ah, tudo isso a pessoa vai saber, tim-tim por tim-tim, estudando a Cultura da Mãe Natureza, que é quem nos gerou, alimenta e governa e, por isso, somente ELA, Mãe Natureza, tem condições de nos responder tudo sobre nossa origem verdadeira.
E por que não o fez antes? Porque somente agora estamos preparados para saber a verdade. Pois, se agora que estamos preparados, ainda somos como somos, rebeldes, atrasados, apegados à matéria (visível e invisível)! Que dirá nas fases anteriores!
E como toda a VERDADE sobre nós e este Universo degenerado, deformado e poluído em que vivemos já está na Terra, Mãe Natureza não está perdoando: quem não quer saber de SE CONHECER, é liquidado!
Chega de histórias, ideologias, contos e filosofias sem proveito algum, que nada nos deram a não ser o sofrimento e embrutecimento. Chega de sofrer!
Procuremos todos estudar e nos aprofundar nas linhas e entrelinhas dos livros da Mãe Natureza, os Livros Universo em Desencanto.
A Mãe Natureza se lembrou de todos nós, permitindo a entrada da Fase Racional, com a CULTURA RACIONAL, para o desenvolvimento do nosso raciocínio. Mas, é preciso você se lembrar de você!
Tel., dentre outros: 0xx 31 2255-0054.

Read Full Post »

 

Não existe efeito sem causa.
Cultuar o efeito é prova de desconhecimento da causa.
A matéria é o efeito. A causa é o antes de ser matéria: energia.
Quem se conhece, desliga-se do efeito (matéria) e se liga à causa (energia) e à causa da causa (energia pura).
Ligando-se à energia, vai saber e conhecer a existência de campos de vibração diferentes: o positivo aparente e o negativo.
Positivo aparente porque pertence ainda à vibração material, pertence ao campo espiritual, das experiências. Umas dando certo, outras, não.
Mas, como não há efeito sem causa, vai procurar se ligar à causa deste campo espiritual, experimental, encontrando a causa da causa: a origem.
Aí, encontra a VERDADE.
Dimensão SUPREMA, RAZÃO de tudo e de todos: do sol, da lua, das estrelas, da água, da terra, dos animais e dos vegetais, visíveis (matéria bruta) e invisíveis (matéria fina). Sendo tudo isso uma degeneração, deformação e poluição de PARTE da ORIGEM.
E quem tudo isso passou a conhecer, com provas e comprovações em si mesmo, não discute mais com ninguém. Por saber e conhecer que as discussões são de quem ainda não conhece a VERDADE.
Somos aparelhos, tal qual um aparelho de rádio. Com parte elétrica e magnética e RACIONAL. Somos Habitantes de um Mundo Superior, muito acima do universo em que vivemos, o MUNDO RACIONAL, que, pelo uso do livre arbítrio, nos materializamos como máquina do raciocínio.
Então, ficamos divididos em duas classes: classe de cima, do MUNDO RACIONAL, que é o Habitante do MUNDO RACIONAL, materializado em forma de animal Racional e, daí, surgiram as duas classes: a de bicho Racional, que é o corpo de matéria, e o raciocínio, que é um Habitante do MUNDO RACIONAL, materializado em máquina do raciocínio.
Então, a parte de bicho Racional, comandada pelo pensamento e a imaginação, seres invisíveis elétricos e magnéticos (o bem aparente e o mal). E a parte do Habitante do MUNDO RACIONAL, materializado como máquina do raciocínio (Glândula Pineal), comandada pelos seres invisíveis Habitantes do MUNDO RACIONAL, neste Terceiro Milênio (fase DELES), através da nossa ligação à ENERGIA do MUNDO RACIONAL, a ENERGIA RACIONAL.
Assim sendo, todos são porta-vozes do mundo que é o elétrico e magnético, enquanto não passarem a se conhecer, pelo desenvolvimento do raciocínio.
A pessoa é comandada pela energia a que está ligada. E para se ligar ao MUNDO SUPERIOR, o MUNDO RACIONAL, e ser comandada por ELE, tem que conhecer a Cultura desse Mundo Superior, a Cultura Racional.
Enquanto não conhecer os procedimentos e comportamentos pertinentes ao MUNDO RACIONAL, continua ligada ao campo da deformação, elétrico e magnético, sendo, querendo ou não, comandada para sua auto-lapidação e destruição, que é o que acontece no mundo há milhões de milênios.
Todos que não se conhecem, pelo desenvolvimento do raciocínio, nada fazem e nada nunca fizeram. São simples ferramentas do pensamento e da imaginação, que são energias geradas no chão, quando nos extinguimos e nos deformamos no chão.
Razão porque o pensamento e a imaginação, não têm, como nunca tiveram condições de nos esclarecer quem somos, de onde viemos, como viemos, para onde vamos e como vamos, por terem sido formados de uma deformação e desconhecerem a origem de tudo e de todos.
E as discussões existem, por falta desse conhecimento, alimentadas pelo pensamento e a imaginação, para lapidação de todos que continuam ligados ao pensamento e à imaginação (duas energias do chão).
Quando passamos a nos conhecer pelo desenvolvimento do raciocínio, nos ligamos à ORIGEM VERDADEIRA, à VERDADE.
E quem está ligado à VERDADE, parou de discutir, por estar completamente satisfeito e realizado, por ter se encontrado com o seu verdadeiro SER, o SER RACIONAL.
E por se conhecer, sabe muito bem o que acontece com quem se transforma sem se conhecer nesta Fase Áurea do Terceiro Milênio, que é a sua transformação para a classe inferior de animal irracional, por ter se negado a desenvolver o seu raciocínio. Então, quem se conhece RACIONALMENTE, é um ser equilibrado e, portanto, quer o bem de seu próximo, cumprindo com o seu dever RACIONAL de divulgar o que todos estão precisando e necessitando, para a solução de todos os problemas de sua vida, que é o desenvolvimento do raciocínio, obtido no ler e reler, estudar e reestudar a CULTURA do nosso Verdadeiro Mundo de Origem, a CULTURA RACIONAL.
E, por isso, não discute com ninguém, apenas mostra o Caminho Verdadeiro da SALVAÇÃO de todos, respeitando o livre arbítrio de todos, pois, ninguém é obrigado a voltar pro MUNDO RACIONAL, para a nossa Morada Verdadeira, retorna quem quiser, porque a vontade é livre.
RACIONAL não discute com ninguém, porque se conhece e sabe reconhecer o seu lugar de RACIONAL e respeitar a vontade de quem quer continuar ligado ao chão, ao sabor das correntes fluídicas elétrica e magnética, pensamento e imaginação.
E quem não se conhece é um verdadeiro papagaio, que repete tudo que, há milhões de milênios, lhe vem sendo transmitido pelo pensamento e a imaginação, sem refletir sobre a base e a lógica de tudo que lhe fazem pensar e imaginar, por não se conhecer. Essa a causa de todo sofrimento no mundo, há milhões de milênios.
E papagaios não tem guarida no MUNDO RACIONAL, descem de classe, para continuar sendo comandados pelo pensamento e a imaginação, para fazer jus ao seu gosto e à sua vontade, porque a vontade é livre.
Eis o porquê quem discute, não se conhece!

Tel. 0xx 31 2255-0054, dentre outros.

Read Full Post »


PARA REFLETIR

Carnaval: “No mundo cristão medieval, período de festas profanas que se iniciava, geralmente, no dia de Reis (Epifania) e se estendia até à quarta-feira de cinzas, dia em que começavam os jejuns Quaresmais. [Consistia em festejos populares e em manisfestações sincréticas oriundas de ritos e costumes pagãos como as festas dionisíacas, as saturnais, as lupercais, e se caracterizava pela alegria desabrida, pela eliminação da repressão e da censura, pela liberdade de atitudes críticas e eróticas].” (Fonte: Dicionário do Aurélio).

Para ver como a inconsciência persiste em pleno Terceiro Milênio, cultivando costumes da época medieval, inadequados para uma época onde os problemas humanos se avolumaram, de tal forma, a faltar comida e água para grande parte da população mundial.

O que estamos festejando? A fome, a sede, as hecatombes, o desequilíbrio moral, físico e financeiro que campeia nos quatro cantos do mundo?

Na verdade, uns poucos estão ganhando financeiramente com o Carnaval e vão querer continuar ganhando, devido a ambição sem limites que cega, não deixando se sensibilizar com a situação séria pela qual passa o mundo em que vivemos e os seus habitantes.

Então, que resta a fazer? É procurar conscientizar a maioria sofredora que, por não se conhecer, vai engolindo tudo que aparece, sem notar que está sendo escravizada pela minoria monstruosa.

Minha gente, o mundo mudou, vocês não estão notando a mudança brusca de climas e as hecatombes naturais? A Mãe Natureza não quer saber mais de perda de tempo e  não está pra brincadeiras!

Esta nossa vida nos foi legada, nesta jubilosa Fase do Terceiro Milênio, para que todos passemos a nos conhecer Racionalmente e deixemos de sofrer.

Nós não pertencemos a este mundo material, que foi causado por nós mesmos, pelo uso do livre arbítrio e da expansão das vontades.

Nosso Mundo Verdadeiro é de equilíbrio absoluto e de igualdade, fraternidade, amor paz e concórdia.

Mas, enquanto a maioria continuar valorizando coisas como essa, o Carnaval, e outras tantas que nada trazem de positivo e consicente para o ser humano, o sofrimento continuará (e redobrado) cada vez mais.

Acham pouco o que já sofremos, fruto de nossa inconsciência?

Quem PENSA que é assim que está certo, então não deveria jamais reclamar do sofrimento e da morte, que são pertences deste mundo material.

Mas, todos reclamam, todos vivem a reclamar! Então, procurem conhecer o que ainda não conhecem: saber de onde vieram e para onde vão, como vieram e como vão.

Que este saber já nos foi dado pela Mãe Natureza, na CULTURA dela, a Cultura Racional, nos Livros Universo em Desencanto.

Razão porque, ELA não está perdoando ninguém que sofre por não se conhecer, pois, se não se conhece é porque NÃO QUER. E se a pessoa renega o que é dado pela DONA DE TUDO E DE TODOS, é porque se julga melhor que ELA.

A esses e essas, então, o que faz a Mãe Natureza: LIQUIDA DE VEZ!

Acorda, minha gente, que o tempo é pouco para o desenvolvimento do raciocínio na CULTURA DA MÃE NATUREZA, a Cultura Racional.

Chega de fazer do mundo um Carnaval de banalidades, sem eira e sem beira.

Chega de pensar, passemos a RACIOCINAR!

(Telefone, dentre outros: 0xx 31 2255-0054)



Read Full Post »

Tudo na Natureza tem seu tempo certo. Por quê? Porque vivemos em um mundo deformado do seu verdadeiro estado natural. Se não fosse deformado, não se transformaria, seria eterno. A transformação é o recurso natural da Natureza para reconduzir este Universo em que vivemos ao seu verdadeiro estado natural de ser. Por isso, é fundamental o conhecimento da origem deste universo, para sabermos porque e como foi constituído o mundo em que vivemos, entendendo o que fizemos para chegarmos até à condição precária material para, então, sabermos e compreendermos como retornarmos ao nosso SER verdadeiro natural que é de energia.
A Natureza tem cumprido fielmente sua missão nessa gigantesca empreitada. Na área da Psicologia, como nas demais áreas, colocando, em cada tempo, de acordo com as transformações, os conhecimentos necessários, correspondentes à cada fase, para condições de sobrevivência mais ou menos equilibrada. Mais ou menos, porque não existe equilíbrio num mundo em transformações. Se ficarmos atentos, verificaremos que há, em cada fase da vida, uma analogia entre os diversos segmentos sociais. É o que chamam de inconsciente coletivo, que é a energia eletromagnética, dona do pensamento e da imaginação, e que determina, em cada fase, a linha geral de conduta para todos os segmentos. E ninguém se comanda, essa energia é quem comanda todos, enquanto a pessoa continuar ligada nessa energia eletromagnética.
Jung, um dos maiores nomes da Psicologia,em 1928, apesar de sua palavra final sobre a conceituação do inconsciente, afirmou que caberia ao futuro uma melhor avaliação da energética do inconsciente. Ele estava certíssimo, pois, não era pertinente à época esse esclarecimento completo e definitivo. O mundo teria que passar ainda por maiores transformações e consequentes mudanças, evoluindo, através do sofrimento, para, com menos vaidade e soberbia, todos nós pudéssemos compreender e aceitar a verdade sobre o assunto.
Por isso começamos falando que “Tudo na Natureza tem seu tempo certo.” Jung esgotou e cumpriu sua missão de porta voz do conhecimento psicológico correspondente à evolução da época. Mas, tinha consciência que tudo aquilo era um degrau, não, o ápice. E o mal de nós seres humanos, é nos apegarmos aos degraus passados, fechando nossos corações e mentes para os movimentos da época presente. Quem faz Jardim da Infância na escola, não pode ficar empacado aí, senão, embrutece. A mesma coisa: os pais não podem dizer a verdade sobre a geração humana para uma criancinha, cujo cérebro ainda não está de todo formado, não tendo condições de absorver a realidade. Então, fala-se meia verdade. A verdade verdadeira será dita a essa criança na fase certa, quando ela deixar de ser criança, pronta para absorver naturalmente a verdade sobre a concepção.
E, assim, a Natureza, nossa Mãe verdadeira, que vem nos conduzindo, como suas ferramentas, colocando em nosso pensamento e imaginação tudo que é preciso e necessário para nossa lapidação, para nos preparar para a última fase da vida da matéria, onde todos passam a conhecer a Verdade das verdades, passando a se conhecer, a conhecer o seu SER natural, que não é espiritual, é infinitamente superior ao espiritual: é o SER RACIONAL.
Esta é a fase atual, a FASE RACIONAL, nascida na Tenda Espírita Francisco de Assis, a maior e última evolução do espiritismo, da ciência, da filosofia e de todos os segmentos culturais, onde aprendemos a nos desligar do inconsciente coletivo (energia eletromagnética) passando a nos ligar no consciente positivo (a ENERGIA RACIONAL, a energia do nosso Verdadeiro Mundo de Origem, o MUNDO RACIONAL, de onde saímos por livre e espontânea vontade, numa experiência malfadada, que ocasionou a formação deste monstruoso e gigantesco universo eletromagnético em que vivemos).
E com a entrada desta grandiosa Nova Fase da Natureza, a Fase Racional, o inconsciente coletivo (energia eletromagnética) entrou em liquidação, depois de 21 eternidades reinando sobre a humanidade. Razão porque entram em liquidação todos que continuam a ele ligados, sendo essa a causa do desequilíbrio moral, físico e financeiro que assola a humanidade, indiferente de raça, religião, partido político, corrente filosófica ou científica, condição social, sexo ou idade. Ninguém tem mais o direito de viver, se continuar ligado a esse inconsciente coletivo, que é a energia eletrica e magnética, do pensamento e da imaginação, respectivamente. Todos precisam e necessitam, com urgência, passarem a conhecer a ENERGIA RACIONAL, a energia que desenvolve o raciocínio (Glândula Pineal), ponto vital da vida eterna, para deixarem de pensar e imaginar, ou seja, deixarem de serem robôs das duas energias do chão, elétrica e magnética, do pensamento e da imaginação, porque essas energias estão incumbidas de liquidar tudo que criaram através do nosso pensamento e de nossa imaginação, deixando a casa limpa para a nova fase da Natureza, a Fase Racional, onde novos valores, procedimentos e entendimentos começam a tomar forma para, finalmente, concretizar a verdadeira paz, o verdadeiro amor, a verdadeira fraternidade e a concórdia universal de todos por UM e UM por todos. Portanto, a fase do pensamento terminou e com o pensamento ninguém resolve mais nada, como há muito não tem resolvido. E por ter terminado a fase do pensamento, o pensador perdeu o direito de viver, por estar vivendo contra a nova fase da Natureza. Cada fase com seus procedimentos e entendimentos. O que passou em outras fases foi muito bom para nos preparar. Agora é abraçar o raciocínio, porque a fase agora é para o seu desenvolvimento. Convidamos todos a conhecer a Nova Fase, isentos de qualquer indumentária antecedente, para que usufruam, plena e rapidamente, deste conhecimento inédito, transcendental e definitivo da vida, que nos legou o Verdadeiro Deus, o RACIONAL SUPERIOR. Pois, se somos Racionais, Deus é um ser da nossa origem, Racional como nós, porém, SUPERIOR, por isso se trata o RACIONAL SUPERIOR, que não é o nome dEle, pois lá em CIMA não tem cartório para registrar nomes, RACIONAL SUPERIOR é a condição de DEUS VERDADEIRO.
E assim, todos imbuídos do Conhecimento Racional, sairemos jubilosos e engrandecidos do comando do inconsciente coletivo, que tem colocado irmãos contra irmãos, por viverem sem se conhecer Racionalmente.
Está passando da hora de todos abraçarem o RACIOCÍNIO, para que possam bem viver, com consciência positiva Racional, amando uns aos outros e fazendo o bem sem olhar a quem.
A Fase em vigor é Racional. E o procedimento da Nova Fase é: RACIOCINAR SEMPRE! PENSAR, NUNCA! E quem proceder diferente, continuando a adotar os entendimentos e procedimentos impostos pelo inconsciente coletivo da fase em liquidação (a fase do pensamento), liquidado também será, porque a Mãe Natureza não admite mais pensadores dentro da Nova Fase, a Fase Racional, porque todo pensador é um destruidor de tudo, de todos e de si mesmo, não cabe num Novo Mundo de PAZ, AMOR e FRATERNIDADE.
Salve-se quem quiser e se puder!
Adeus, INCONSCIENTE COLETIVO!

(Infs.: tel. 0xx 31 2555-0054, dentre outros)
http://nalubnalub7.spaces.live.com
http://u-01.spaces.live.com

Read Full Post »

[scrapeenet_moldura_20091123232856Qzfd.jpg]

 

Há PESSOAS e pessoas.
Daí, INTERPRETAÇÕES e interpretações.
Por quê?
Porque há três energias regendo os seres materializados.
De baixo para cima: a magnética, a elétrica e a Racional.
E, assim, a interpretação da vida depende da energia em que a pessoa está ligada.
O mal é dos fracos interpretadores e o bem é dos bons interpretadores.
Os bons interpretam como Racional. Os maus interpretam como bicho Racional.
O magnético interpreta de uma forma, o elétrico de outra e o Racional de outra.
O Racional interpreta certo.
O elétrico mais ou menos e o magnético muito mal, porque são três energias.
Uns são ligados à energia magnética. Outros, ligados à energia elétrica e outros ligados à Energia Racional.
E cada qual é comandado pela energia que está ligado.
E, daí, a causa das interpretações diferentes.
Dos bons interpretadores, dos maus interpretadores e do positivo interpretador.
De acordo com a energia que está ligado, a interpretação.
E é por isso que todos são diferentes, todos são desiguais, devido essas três mecânicas diferentes, essas três máquinas diferentes.
A máquina da imaginação, a energia magnética.
A máquina do pensamento, a energia elétrica.
E a máquina do raciocínio, a Energia Racional.
E, por isso, tem os desequilibrados, os equilibrados e os certos, dentro deste conjunto elétrico e magnético.
A voz do coração é a voz do raciocínio. Os que não tem coração, ligados ao magnético, não podem ouvir a voz do raciocínio.
Mas, persistindo na ligação à Energia Racional, lendo os Livros da Energia Racional, Universo em Desencanto, deixarão de ser maus, passarão a ter coração, passarão a ouvir a voz do raciocínio, mudando a sua interpretação da vida, passando a interpretar a vida como Racional e, não, como bicho Racional.
E o sofrimento horroroso pelo qual passa o mundo, irá aumentar cada vez mais, até que, cansados de tanto sofrer, todos cheguem à mesma conclusão de se desligar destas energias do chão, elétrica e magnética, para se ligarem à Energia Racional, pelo desenvolvimento do raciocínio, lendo e relendo, estudando e reestudando os Livros Universo em Desencanto.
A hora é essa, de desenvolver o raciocínio, porque a fase do pensamento terminou desde 1935. Com o pensamento, ninguém resolve mais nada.
O Livro do momento: UNIVERSO EM DESENCANTO.
A interpretação da vida agora, é a interpretação da vida como ela é: RACIONAL!
E a Natureza tem um poder absoluto sobre tudo e sobre todos: ligado à energia eletromagnética, desce de classe e vai correr a longa hierarquia dos bichos irracionais, querendo ou não.
Ligado à Energia Racional, retorna ao seu verdadeiro estado natural de Racional puro, limpo e perfeito.
E, queiram ou não queiram, é essa a interpretação correta da vida. A VERDADE independe da aquiescência de ser algum.
Liguemo-nos à Energia Racional, enquanto há tempo!
(Maiores informações tel. 0xx 31 2255-0054)

Read Full Post »

Older Posts »